Header Ads

Luciano Max

Dia do Vizinho, um legado de Cora Coralina na Cidade de Goiás

Cora Coralina sempre ressaltou que é preciso valorizar o vizinho. 
Se estivesse viva, a poetisa Ana Lins dos Guimarães Peixoto Bretas, mais conhecida como Cora Coralina, ela completaria 128 neste domingo  (20). Uma das formas encontradas pelos moradores da cidade de Goiás, onde ela nasceu, para homenagear a escritora é celebrando, na mesma data, o Dia do Vizinho.

Nascida em 20 de agosto de 1889, Cora deixou o município para morar em São Paulo quando se casou. No retorno à terra natal, em 1956, encontrou nos vizinhos uma nova família.

O carinho que a poetisa tinha por eles já foi tema de alguns de seus poemas. Em “Coisas do reino da minha cidade”, por exemplo, ela escreveu: “O vizinho é a luz da rua. Quando o vizinho viaja e fecha a casa, é como se apagasse a luz da rua”.
“Com esses vizinhos era onde ela se reconhecia melhor. Ela os chamava para esse ato de partilha, de uma generosidade. Uma forma dela mostrar: ‘olha, eu quero fazer uma grande família, uma grande corrente universal, unindo as pessoas através da fraternidade”.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.