Header Ads

Luciano Max

Escolhido para criar a imagem do FICA 2017, Pitágoras participa do encerramento do festival

Júnior Bueno
A ilustração símbolo do Fica 2017, uma gravura do artista plástico Pitágoras Lopes, esteve presente por todo o centro histórico de Goiás durante o festival, em cartazes, banners, no material gráfico e em uma vinheta que precedeu todas as sessões das mostras de filmes. O artista, que recebeu a missão de traduzir em desenho o tema Cidades Sustentáveis: Desafios para o Século XXI esteve em Goiás na noite de sábado e recebeu a imprensa para falar sobre a obra e sobre seu trabalho.

Pitágoras disse que ficou lisonjeado com o convite:
“Eu achei fine, fantástico mesmo. Eu já esperava que um dia eles me chamassem e fiquei feliz que foi neste ano, com esse tema”.
Na ilustração, ele diz que aplicou sobre uma fotografia do Chafariz que é um dos símbolos da cidade Goiás, desenhos de dois seres futuristas que são presentes em várias das obras de Pitágoras.
“Eu não costumo trabalhar com ilustração, mas nessa obra eu resolvi fazer uma interferência, com uma ideia de que se Goiás é uma cidade tombada, então daqui a 200 anos as coisas vão estar ainda iguais, nada vai mudar. E esses personagens, que são recorrentes, podem ser astronautas, escafandristas, alienígenas.”, disse o artista.


Ele disse ter se inspirado na cultura pop e em filmes e séries futuristas como Flash Gordon e Guerra dos Mundos. Pitágoras Lopes nasceu em Goiânia, em 1964. Assinou individuais na Espanha, na Venezuela e nos Estados Unidos. Ambos são autodidatas, vivem atualmente em Goiânia e seus trabalhos já percorreram várias cidades brasileiras.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.